CN de Bodyboard arranca com ondas de gala em Peniche

Daniel Fonseca e Manuel Centeno voaram mais alto no Pico da Mota

Não houve Supertubos no primeiro dia do Peniche Bodyboard Meeting, etapa inaugural do Circuito Nacional de Bodyboard 2019 powered by BBoard TV, mas a península do oeste não desiludiu e ofereceu condições de gala no Pico da Mota, um dos muitos recantos com ondas de classe mundial que existem nestas paragens. E quem aproveitou melhor esta oferta foram o bodyboarder local Daniel Fonseca e o 10 vezes campeão nacional Manuel Centeno, com as melhores ondas do dia, pontuadas “ex aequo” com 9,17 numa escala de 0 a 10.

As exibições de Fonseca e Centeno foram o auge de um dia com várias notas excelentes, como, por exemplo a do bodyboarder da Caparica Helder “Dicha” Mendes, que também se destacou com um 8,25, tendo sido o primeiro a chamar a atenção para as boas ondas que estavam a dar à costa.
Manuel Centeno deu conta da evolução das condições registada durante o dia e o impulso de que beneficiou para a segunda e decisiva tirada deste Peniche Bodyboard Meeting:
“O primeiro heat não me correu assim muito bem porque o mar estava difícil, mas a maré mudou, as ondas melhoraram, os scores foram aumentando e eu, que estava só a conseguir ‘scores’ de 6 e 7, estava atrás desta onda e saiu no fim. Não sou supersticioso mas sabe bem sair assim, dá ânimo para amanhã.”

Daniel Fonseca
Daniel Fonseca, por seu turno, relativizou o resultado, sublinhando que nada está ganho e que prefere abordar a competição “heat a heat”.
“Estou a sentir-me bem e consegui passar para a água essa confiança. As ondas entraram para mim e tudo correu bem. Para amanhã, é pensar heat a heat, adaptar-me o melhor possível às condições e apresentar o melhor surf possível”, considerou Fonseca, vice-campeão nacional em título.


O domingo começa, na competição Open com os quartos de final, com uma interessante mistura entre a experiência de nomes como o do penichense Silvano Lourenço (38 anos) ou a juventude de Joel Rodrigues, atleta da Póvoa do Varzim com apenas 14 anos, extremos de um quadro recheado de talentos de todo o país mas onde Manuel Centeno, Daniel Fonseca, o nazareno Dino Carmo ou até o povoense Ricardo Rosmaninho assumem principal favoritismo.

Para domingo, também ficaram reservadas a competição feminina, com a pentacampeã nacional Joana Schenker a defender o título frente à rival Teresa Almeida e um lote de jovens carcavelenses composto pelas manas Madalena e Teresa Padrela, Mariana Rosa e Madalena Valério, mais a vertente de Dropknee, com o destaque a ir para o campeão em título Luís “Porkito” Pereira.
Domingo o campeonato decorre no Pico da Mota com possível arranque às 8h30.

A organização da primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard está a cargo do Península de Peniche Surf Clube, em parceria com a Câmara Municipal de Peniche e a Federação Portuguesa de Surf. Conta com os apoios da Rip Curl, Bboard TV, Refresh Bodyboards e Onil Design.
Apoios institucionais a este evento são os da Fundação do Desporto, Bombeiros Voluntários de Peniche, Surfrider Foundation Peniche, Marmeu – Associação de Defesa do Ambiente, escola Superior de Desporto de Rio Maior – IPS, Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar – IPL.
Media partners: BBoard TV, Hiper FM, Meo Beachcam, Surftotal.


Comentários