sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Trials of The Trials abrem mais uma vez caminho para o Moche Rip Curl Pro Portugal 2013


Pelo segundo ano consecutivo foi atribuído ao PPSC Peniche Surf Clube um wildcard para o Trials da etapa do WT em Portugal, o Moche Rip Curl Pro Portugal.

Na prova que o Peniche Surf Clube organiza no próximo dia 05 ou 06 de Outubro, na Capital da Onda, Peniche, designada por “Peniche Surf Clube Trials of The Trials”, apenas os atletas federados pelo clube local terão oportunidade de disputar a entrada direta nos Trials da etapa do WT Moche Rip Curl PRO, cujo vencedor entrará no evento principal onde competirá com os melhores surfistas do mundo.

Segundo José Farinha, director geral da Rip Curl Portugal, “é importante que a comunidade local se envolva nos mais diversos quadrantes do Evento e este é um deles. Vamos ver os surfistas do clube de Peniche quem têm a vantagem do conhecimento privilegiado das ondas de Peniche a baterem-se com os melhores do mundo!”

As inscrições foram hoje abertas e prolongar-se-ão até ao dia 04 de Outubro, tendo como requisitos obrigatórios os atletas serem federados na Federação Portuguesa de Surf pelo PPSC Peniche Surf clube.

Os interessados poderão efetuar as suas inscrições ou pedidos esclarecimentos de dúvidas pelo email eventos@ppsc.pt.

O evento tem o patrocínio da Rip Curl e os apoios da Câmara Municipal de Peniche, Bombeiros Voluntários de Peniche e Oeste Portugal.

Boas Ondas

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Rankings Rip Curl 2013 - Circuito de Surf e Bodyboard by PPSC

Ficaram assim ordenados os rankings do Rip Curl 2013 - Circuito de Surf e Bodyboard by PPSC, após a segunda etapa:

(clique nas imagens para aumentar)








segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Resultados 2ª Etapa RIP CURL Peniche 2013 - Circuito de Surf e Bodyboard by PPSC

Uma palavra de agradecimento a todos os atletas pela  presença na 2ª Etapa do RIP CURL PENICHE 2013 by PPSC, realizada em 21 e 22 Setembro, no Pico da Mota.

Foi um prazer poder contar com a vossa participação.

RESULTADOS FINAIS DA 2ª ETAPA:
(clicar na imagem para aumentar)


Nota: Sairão brevemente os rankings actualizados com os resultados das duas etapas já realizadas.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

2ª Etapa RIP CURL Peniche 2013 - Circuito de Surf e Bodyboard by PPSC



É já nos próximos dias 21 e 22 de Setembro que se vai realizar a 2ª Etapa do RIP CURL Peniche 2013, Circuito de Surf e Bodyboard do PPSC - Peniche Surf Clube.
A organização aponta como local privilegiado de realização da prova a mundialmente conhecida Praia de Supertubos, situada na “Capital da Onda”, Peniche.

Esta prova é disputada nas categorias Open, Sub-15 e Feminino e é aberta a todos os surfistas e bodyboarders associados do PPSC Peniche Surf Clube. 

Dane Hall em Surf Open, Helio “Laranja” Conde em Bodyboard Open, Duarte Baltazar em Surf Sub-15 e Beatriz Almeida em Surf Feminino foram os grandes vencedores da 1ª Etapa do RIP CURL Peniche 2013 - Circuito de Surf e Bodyboard by PPSC.

Quem será o grande vencedor da 2ª Etapa?

A praia de Supertubos, finalista na eleição das 7 Maravilhas – Praias de Portugal e que em Outubro reúne os melhores surfistas do mundo na do 9ª etapa do ASP World Tour, é o palco escolhido pela organização para esta prova.

Apesar de Supertubos ser o local prioritário de realização da prova, o PPSC Peniche Surf Clube mantém todas as praias do concelho como alternativa, tendo em conta as condições.

O evento tem o patrocínio da Rip Curl, da Refresh Boards e da SET – Waiting for It, com os apoios da Câmara Municipal de Peniche, Bombeiros Voluntários de Peniche, Oeste Portugal, Chicama, Rico Imobiliária e as parcerias da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) e Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM).

As inscrições encontram-se abertas desde já pelo email eventos@ppsc.pt e fecham a 20 de Setembro.

Página Oficial no Facebook:
http://www.facebook.com/peniche.surfclube

Info e Inscrições:
eventos@ppsc.pt

BOAS ONDAS!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

MOCHE RIP CURL PRO PORTUGAL 2013

Aí está o “teaser” oficial do MOCHE RIP CURL PRO PORTUGAL 2013, que decorrerá entre os próximos dias 9 e 20 de Outubro.


terça-feira, 10 de setembro de 2013

Bruno Grandela sagra-se campeão nacional de SUP Wave e grande vencedor da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET


Bruno Grandela (SET, Starboard, Janga), atleta do Peniche Surf Clube, entra para a história ao sagrar-se campeão nacional do 1º Circuito Nacional de SUP Wave e grande vencedor da trilogia PENICHE PADDLE SERIES powered by SET.

João Maya (SET, Starboard, Janga, Ocean & Earth), também atleta do Peniche Surf Clube, sagra-se vice-campeão do 1º Circuito Nacional de SUP Wave.

Peniche, Capital da Onda, recebeu nos dias 31 de Agosto, 01 e 07 de Setembro trilogia de eventos Peniche Paddle Series powered by SET, que contou com a participação de meia centena de atletas, provenientes de Portugal, Canadá, África do Sul, Inglaterra, Alemanha e Espanha.

Sábado, dia 07 de Setembro, realizou-se na praia do Baleal, Peniche, o terceiro e ultimo evento da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET  (4.ª etapa do circuito nacional de SUP wave), em condições muito exigentes para atletas e organização.

O evento teve início na praia de Baleal Campismo, mas devido ao aumento do vento e alteração de maré, a organização decidiu alterar o local de prova para a praia adjacente ao Bar do Bruno, de forma a poder proporcionar as melhores condições para os atletas, tendo mudado a estrutura em tempo recorde, com a preciosa ajuda dos Bombeiros Voluntários de Peniche.

A prova contou com um recorde de 28 inscritos e teve a presença de um atleta espanhol, Paco Gallego.

A expetativa era muita, pois estavam em jogo o título de vencedor da trilogia, cujos principais candidatos eram Rui Meira, Rui Pedro Meira e Bruno Grandela, e o título de campeão nacional de SUP Wave.

Bruno Grandela (SET, Starboard, Janga) e João Maya (SET, Starboard, Janga, Ocean & Earth), atletas do clube local, dominaram o evento e o circuito nacional, tendo ficado sempre em primeiro lugar nas suas baterias no caminho até à final. Grandela conseguiu os melhores scores das baterias e a melhor onda com 8.67 (nos quartos de final e na final).

Numa final de meia hora disputadíssima, Bruno Grandela, a surfar no seu “quintal”, levou a melhor sobre o amigo e eterno rival, João Maya (2º), Rui Fialho (3º) e Paulo “Palex” Ferreira (4º), com scores de 16.10, 15.27, 10.83 e 7.57, respetivamente.

Com esta vitória Bruno Grandela sagrou-se grande vencedor da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET, com 3200 pontos, ficando Rui Meira em 2º com 3000 pontos e Rui Pedro Meira completou o pódio com 2840 pontos. João Maya alcançou um brilhante 4º lugar com 2200 pontos, pois não pode participar no Berlenga Ocean Race e logo não pontuou nessa prova.

A organização ofereceu ao vencedor da trilogia a aguarela original pintada pelo artista plástico Alexandre Antunes, que esteve na origem do cartaz do evento, um voucher de 4 noites no valor de 600 euros, oferecido pelo Hotel Marriott - Praia D’El Rey Golf & Beach Resort. O segundo classificado, recebeu um voucher de 2 noites no valor de 300 euros, oferecido pela mesma entidade.

Foram ainda premiados o atleta mais jovem, Simão Manuel com apenas 16 anos e o atleta mais jovem “B”, Rui Meira, com apenas 52 anos (ambos receberem tops da Janga) e a melhor atleta feminina, Rita Frade com um prémio da Hottie.

Os atletas e equipa técnica da FPS, ficaram alojados gratuitamente no Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Peniche para o evento e tiveram alimentação e águas oferecidas pela organização durante todos os dias do evento.


A organização da trilogia está já a preparar a prova para o próximo ano, que se realizará em agosto e cujas datas definitivas serão brevemente comunicadas.

Estão prometidas muitas novidades que serão divulgadas até final deste ano.


RECORDATÓRIO DOS DOIS PRIMEIROS EVENTOS

Dia 31 de Agosto realizou-se no Fosso da Muralha, situado no coração de Peniche e na zona nobre de turismo da cidade, o Peniche SUP Racing, 3ª etapa do circuito nacional de SUP Race, num dia fantástico, com a presença de muito público.

Estiveram em competição dezassete atletas, três dos quais de nacionalidade estrangeira, um canadiano, um inglês e um sul-africano e uma atleta feminina, Rira Frade, atleta do clube local.

De manhã realizou-se o Sprint Race – Prova de 200m com mangas de 2 atletas cada, em formato de eliminatórias até apurar os finalistas, onde os atletas competiram com pranchas iguais de race da RRD, gentilmente cedidas pela 3House e que permitiram aos atletas competir em condições de igualdade, situação inédita em Portugal.

Rui Pedro Meira consagrou-se vencedor, com um tempo recorde de 1m13s, tendo sido muito consistente ao longo de todo o evento (1m17s no round 1, 1m15s nos quartos e meia final), tendo José Cirilo ficado em segundo com um tempo de 1m20s, abaixo dos 1m15s obtidos no round 1, do 1m18s nos quartos e 1m16s nas meias-finais.

Depois de um intervalo para almoço, oferecido pela organização aos atletas e staff técnico, realizou-se o Race Técnico – prova de 5200m de extensão, com várias boias que os atletas tiveram de contornar.

Todos os atletas participaram na prova em simultâneo, tendo-se apurando o resultado final por classes em função dos tempos realizados.

Rui Meira, de 52 anos, com uma prancha de 14’, sagrou-se o grande vencedor desta prova, com um tempo de 38m38s, muito abaixo do tempo inicialmente previsto pela organização para o trajeto.

João Maya, atleta e dirigente do PPSC – Peniche Surf Clube, com prancha de 14’, chegou à meta muito próximo do vencedor. A completar o podium ficou mais um atleta do clube local, Bruno Grandela, com uma prancha de 12’.6’’.

A categoria All Around (pranchas de tamanho diferente de 14’ e 12’.6’’), foi totalmente dominada pelo atletas estrangeiros presentes, sendo que Martin Hayes (Inglaterra) foi o grande vencedor, Andy Dressler (Canada) segundo classificado e Sebastian Wolff (África do Sul) o terceiro classificado.


Dia 01 de Setembro, os atletas rumaram até à Ilha da Berlenga, Reserva Mundial da Biosfera da Unesco desde 2011, para um desafio extraordinário e muito exigente, o Berlenga Ocean Challenge, 4ª etapa do circuito nacional de SUP Downwind.

No total participaram trinta e um atletas (em 2012 participaram 17), que além dos atletas nacionais, contou com a participação de atletas provenientes do Canadá, África do Sul, Inglaterra e Alemanha, bem como de atletas em kayaks e um atleta, Nuno Zarro, a remar num longboard.

Os atletas foram transportados pela organização na embarcação Cabo Avelar Pessoa até à ilha da Berlenga, debaixo de um nevoeiro intenso.

O início da prova estava programada para as 11h15m, mas, por razões de segurança, a organização aguardou por condições favoráveis e deu início à prova perto das 13h, junto ao forte S. João Baptista. A ondulação fraca e vento fraco anteviam tempos superiores aos realizados em 2012.

Mesmo em condições difíceis, Rui Meira, 52 anos e 6º classificado em 2012, liderou a prova desde o início e repetiu o triunfo do dia anterior no race técnico, tendo chegado à praia do Molhe Leste, em Peniche, após 15,2km, com um tempo surpreendente de 2h00m36s. Ultrapassou este desafio com uma prancha de 14’.

O segundo e terceiro classificados disputaram as suas posições até à meta, instalada no areal a trinta metros da linha de água e para a qual os atletas tinha de correr com o remo na mão, com uma diferença de apenas 30s.
Neil Vasa (3º em 2012) foi segundo com 02h01m20s e Joe Joseph (Inglaterra, 5º em 2012) foi terceiro com um tempo de 02h01m50s, ambos com pranchas de 12’.6’’.
O vice-campeão de 2012, Rui Pedro Meira, que no dia anterior foi primeiro classificado em sprint e que é filho do vencedor deste evento, ficou no quarto lugar com um tempo de 02h03m58s.

Filipe Anjos (atleta e dirigente do PPSC – Peniche Surf Clube), Martin Hayes (Inglaterra) e Sebastian Wolff (África do Sul), 9º, 10º e 11º da geral, foram os três primeiros classificados na categoria All Around (pranchas de tamanho diferente de 14’ e 12’.6’’).

O último atleta completou a prova com um brilhante tempo de 03h17m08s.

A segurança desta prova foi assegurada por quatro barcos que acompanharam os atletas. Um barco dos Bombeiros Voluntários de Peniche, um do IPL - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche, um barco da Rip Curl e o Batmobile, um semirrígido de 10m contratado pela organização, onde se encontrava a direção de prova, meios de comunicação social e representantes do patrocinador do evento, a empresa SET).

Mais uma edição desta travessia a comprovar que se trata de um desafio extraordinário e muito exigente, física e psicologicamente.

Coragem, Determinação, Persistência, Superação e leitura das condições do mar, são as principais características daqueles que participaram neste exigente desafio.

Estiveram em jogo 1.000 euros em premiação (SET e RRD), vouchers para o Hotel Marriott do Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, fatos Rip Curl, tops da Janga e Hottie, entre outros.

O Peniche Paddle Series powered by SET é uma organização conjunta do PPSC - Peniche Surf Clube e da Câmara Municipal de Peniche, main sponsor SET – Waiting For It, sponsors Hotel Marriott - Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, Rip Curl, RRD, Janga, Soloshot, Hottie, 3House e Seabase, e com os apoios institucionais dos Bombeiros Voluntários de Peniche, Oeste Portugal, IPTM, ICNF- Reserva Natural das Berlengas, Instituto Hidrográfico – Qual é a tua Onda? e Clube Naval de Peniche. Media partners RTP, Surftotal e Conquilha.

RANKING'S PENICHE PADDLE SERIES 2013
(clique nas imagens para ver maior)





sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Peniche SUP Surfing marcado para sábado


O Peniche SUP Surfing, último evento da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET, realiza-se no próximo sábado, dia 07 de Setembro.

O checkin está marcado para as 08h30m na praia do Baleal Campismo.

A estadia, que está incluída no valor da inscrição, será no Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Peniche.

Na trilogia de eventos Peniche Paddle Series powered by SET, estão em jogo 1.000 euros em premiação (SET e RRD), vouchers para o Hotel Marriott do Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, fatos Rip Curl, tops da Janga, entre outros.

De destacar que as senhoras terão também prémios exclusivos oferecidos pela Hottie.

O grande vencedor receberá também o original da aguarela executada pelo artista plástico Alexandre Antunes, que esteve na origem do cartaz do evento.

Solicitamos aos atletas interessados, que nos informem com urgência se pretendem usufruir da estadia (noites de sexta para sábado e caso o evento se prolongue para domingo, na noite de sábado para domingo) para os contactos abaixo. 

Estamos disponíveis para esclarecimentos adicionais.

Boas Ondas! 

Contactos:
Paulo Ferreira – 96 241 24 28
Email: eventos@ppsc.pt

O Peniche Paddle Series powered by SET é uma organização conjunta do PPSC - Peniche Surf Clube e da Câmara Municipal de Peniche, main sponsor SET – Waiting For It, sponsors Hotel Marriott - Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, Rip Curl, RRD, Janga, Soloshot, Hottie, 3House e Seabase, e com os apoios institucionais dos Bombeiros Voluntários de Peniche, Oeste Portugal, IPTM, ICNF- Reserva Natural das Berlengas, Instituto Hidrográfico – Qual é a tua Onda? e Clube Naval de Peniche. Media partners RTP, Surftotal e Conquilha.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Cumpridos os dois primeiros eventos da trilogia de Stand Up Paddle, o Peniche Paddle Series powered by SET


Peniche, Capital da Onda, recebeu nos dias 31 de Agosto e 01 de Setembro os dois primeiros eventos da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET.

Dia 31 de Agosto realizou-se no Fosso da Muralha, situado no coração de Peniche e na zona nobre de turismo da cidade, o Peniche SUP Racing, 3ª etapa do circuito nacional de SUP Race, num dia fantástico, com a presença de muito público.

Estiveram em competição dezassete atletas, três dos quais de nacionalidade estrangeira, um canadiano, um inglês e um sul-africano e uma atleta feminina, Rira Frade, atleta do clube local.

De manhã realizou-se o Sprint Race – Prova de 200m com mangas de 2 atletas cada, em formato de eliminatórias até apurar os finalistas, onde os atletas competiram com pranchas iguais de race da RRD, gentilmente cedidas pela 3House e que permitiram aos atletas competir em condições de igualdade, situação inédita em Portugal.

Rui Pedro Meira consagrou-se vencedor, com um tempo recorde de 1m13s, tendo sido muito consistente ao longo de todo o evento (1m17s no round 1, 1m15s nos quartos e meia final), tendo José Cirilo ficado em segundo com um tempo de 1m20s, abaixo dos 1m15s obtidos no round 1, do 1m18s nos quartos e 1m16s nas meias-finais.

Depois de um intervalo para almoço, oferecido pela organização aos atletas e staff técnico, realizou-se o Race Técnico – prova de 5200m de extensão, com várias boias que os atletas tiveram de contornar.

Todos os atletas participaram na prova em simultâneo, tendo-se apurando o resultado final por classes em função dos tempos realizados.

Rui Meira, de 52 anos, com uma prancha de 14’, sagrou-se o grande vencedor desta prova, com um tempo de 38m38s, muito abaixo do tempo inicialmente previsto pela organização para o trajeto.

João Maya, atleta e dirigente do PPSC – Peniche Surf Clube, com prancha de 14’, chegou à meta muito próximo do vencedor. A completar o podium ficou mais um atleta do clube local, Bruno Grandela, com uma prancha de 12’.6’’.

A categoria All Around (pranchas de tamanho diferente de 14’ e 12’.6’’), foi totalmente dominada pelo atletas estrangeiros presentes, sendo que Martin Hayes (Inglaterra) foi o grande vencedor, Andy Dressler (Canada) segundo classificado e Sebastian Wolff (África do Sul) o terceiro classificado.


Dia 01 de Setembro, os atletas rumaram até à ilha da Berlenga, Reserva Mundial da Biosfera da Unesco desde 2011, para um desafio extraordinário e muito exigente, o Berlenga Ocean Challenge, 4ª etapa do circuito nacional de SUP Downwind.

No total participaram trinta e um atletas (em 2012 participaram 17), que além dos atletas nacionais, contou com a participação de atletas provenientes do Canadá, África do Sul, Inglaterra e Alemanha, bem como de atletas em kayaks e um atleta, Nuno Zarro, a remar num longboard.

Os atletas foram transportados pela organização na embarcação Cabo Avelar Pessoa até à ilha da Berlenga, debaixo de um nevoeiro intenso.

O início da prova estava programada para as 11h15m, mas, por razões de segurança, a organização aguardou por condições favoráveis e deu início à prova perto das 13h, junto ao forte S. João Baptista. A ondulação fraca e vento fraco anteviam tempos superiores aos realizados em 2012.

Mesmo em condições difíceis, Rui Meira, 52 anos e 6º classificado em 2012, liderou a prova desde o início e repetiu o triunfo do dia anterior no race técnico, tendo chegado à praia do Molhe Leste, em Peniche, após 15,2km, com um tempo surpreendente de 2h00m36s. Ultrapassou este desafio com uma prancha de 14’.

O segundo e terceiro classificados disputaram as suas posições até à meta, instalada no areal a trinta metros da linha de água e para a qual os atletas tinha de correr com o remo na mão, com uma diferença de apenas 30s.
Neil Vasa (3º em 2012) foi segundo com 02h01m20s e Joe Joseph (Inglaterra, 5º em 2012) foi terceiro com um tempo de 02h01m50s, ambos com pranchas de 12’.6’’.
O vice-campeão de 2012, Rui Pedro Meira, que no dia anterior foi primeiro classificado em sprint e que é filho do vencedor deste evento, ficou no quarto lugar com um tempo de 02h03m58s.

Filipe Anjos (atleta e dirigente do PPSC – Peniche Surf Clube), Martin Hayes (Inglaterra) e Sebastian Wolff (África do Sul), 9º, 10º e 11º da geral, foram os três primeiros classificados na categoria All Around (pranchas de tamanho diferente de 14’ e 12’.6’’).

O último atleta completou a prova com um brilhante tempo de 03h17m08s.

A segurança desta prova foi assegurada por quatro barcos que acompanharam os atletas. Um barco dos Bombeiros Voluntários de Peniche, um do IPL - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche, um barco da Rip Curl e o Batmobile, um semirrígido de 10m contratado pela organização, onde se encontrava a direção de prova, meios de comunicação social e representantes do patrocinador do evento, a empresa SET).

Mais uma edição desta travessia a comprovar que se trata de um desafio extraordinário e muito exigente, física e psicologicamente.

Coragem, Determinação, Persistência, Superação e leitura das condições do mar, são as principais características daqueles que participaram neste exigente desafio.

No próximo fim de semana a 7 e/ou 8, realizar-se-á a 5ª etapa do Circuito Nacional de SUP Wave da FPS, em praia a anunciar até quinta-feira, o Peniche SUP Surfing.

Rui Meira (1º), Rui Pedro Meira (2º) e Bruno Grandela (3º), lideram a classificação geral da trilogia Peniche Paddle Series powered by SET, com 2.500, 2.400 e 2.070 pontos respetivamente.

Aguarda-se com expectativa o grande vencedor da trilogia, após os resultados do Peniche SUP Surfing, que receberá como prémio a aguarela original pintada pelo artista plástico Alexandre Antunes, que esteve na origem do cartaz do evento, um voucher de 4 noites oferecido pelo Hotel Marriott - Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, que acumula com a premiação de cada um dos eventos.

Os atletas ficam alojados gratuitamente no Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Peniche para o evento.

Estão em jogo 1.000 euros em premiação (SET e RRD), vouchers para o Hotel Marriott do Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, fatos Rip Curl, tops da Janga, entre outros.
De destacar que as senhoras terão também prémios exclusivos oferecidos pela Hottie.

O Peniche Paddle Series powered by SET é uma organização conjunta do PPSC - Peniche Surf Clube e da Câmara Municipal de Peniche, main sponsor SET – Waiting For It, sponsors Hotel Marriott - Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, Rip Curl, RRD, Janga, Soloshot, Hottie, 3House e Seabase, e com os apoios institucionais dos Bombeiros Voluntários de Peniche, Oeste Portugal, IPTM, ICNF- Reserva Natural das Berlengas, Instituto Hidrográfico – Qual é a tua Onda? e Clube Naval de Peniche. Media partners RTP, Surftotal e Conquilha.