terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Tiago Pires impedido de participar no MOCHE Capítulo Perfeito

Tiago Pires (Foto: Jorge Amaral)

Regras da ASP determinam que surfista convidado não poderá participar no evento.

5 de fevereiro de 2013

Tiago Pires, campeão em título do MOCHE Capítulo Perfeito Presented by Rip Curl, não poderá participar na 2ª edição do evento por impedimento da Association Of Surfing Professionals (ASP), entidade organizadora do Circuito Mundial de Surf. O único português a integrar este circuito era um dos convidados da organização do MOCHE Capítulo Perfeito para integrar o grupo de 16 finalistas que irá disputar a prova, destinada a reunir os melhores surfistas nacionais na praia de Supertubos, em Peniche, para uma competição especial onde os participantes serão avaliados única e exclusivamente em função da sua habilidade para realizar a manobra rainha do surf: o tubo. No entanto, a ASP não viabilizou a participação do atleta nesta competição, uma vez que as regras da associação determinam que os surfistas do Circuito Mundial estão apenas autorizados a competir em eventos sancionados pela ASP.

Assim sendo, Tiago Pires, cuja vitória no MOCHE Capítulo Perfeito em 2012 lhe valera um passe direto para a 2ª edição do evento, não poderá usufruir do wildcard (convite) que lhe foi dirigido pela organização, vendo-se forçado a ficar fora da lista de participantes.

“Foi com tristeza que recebi a notícia de que não vou poder participar neste evento, onde tenho muita vontade de competir pela oportunidade de surfar nos Supertubos com pouca gente dentro de água e por ser um bom treino para o Rip Curl Pro Portugal [etapa portuguesa do Circuito Mundial] em outubro”, disse Tiago Pires. “No entanto, percebo perfeitamente a posição da ASP e a sua estratégia de evitar que os surfistas do Top 34 participem em eventos que possam representar uma ameaça para o World Tour em termos de patrocínios. Embora o MOCHE Capítulo Perfeito seja um campeonato que não interfere com os parceiros do Circuito Mundial, considero que a ASP fez bem em não autorizar a minha participação, pois se abrisse uma exceção para mim teria de fazer o mesmo com os restantes 33 atletas”, concluiu.

Mesmo estando impedido de competir, Tiago já confirmou que, caso se encontre em Portugal no dia do evento, tentará estar presente na praia dos Supertubos para assistir à prova in loco.

Mantendo o critério na atribuição deste convite especial, a organização do MOCHE Capítulo Perfeito decidiu dirigir um novo wildcard a Ivo Santos, 3º classificado na edição anterior e que este ano não fora contemplado nas escolhas do público para participar na prova. Ivo Cação, semifinalista em 2012, já se encontra entre os 16 atletas mais votados pelo público, garantindo assim acesso ao evento.

“Lamentamos não poder contar com a participação do Tiago Pires no evento mas respeitamos a vontade da ASP”, declarou Rui Costa, da organização. “Somos uma equipa de surfistas e, como tal, entendemos que se deve respeitar as regras, que certamente são feitas para valorizar o Circuito Mundial e, por acréscimo, o próprio Tiago, que nele está inserido. Seguindo o mesmo critério na atribuição do novo wildcard, a sua vaga deveria ser preenchida pelo vice-campeão da edição anterior, Ivo Cação, mas como este já tem a sua participação assegurada pela votação do público, decidimos convidar o Ivo Santos, 3º classificado em 2012, que a avaliar pela sua anterior prestação neste evento saberá certamente responder à altura.”

Recorde-se que o MOCHE Capítulo Perfeito é um evento especial cujos participantes são escolhidos pelo público através de votação online, a partir de uma lista de 30 atletas previamente elaborada pela organização em conjunto com uma Comissão de Notáveis especialmente convocada para o efeito. Relembramos ainda que, em caso de impossibilidade de participar na competição – por indisponibilidade, lesão ou impedimento de outra natureza – os surfistas eleitos deverão declarar desistência e ceder o seu lugar aos atletas que se encontram nas posições subsequentes no ranking de votações, por ordem de preferências do público (número de votos).

O período de espera para a realização do MOCHE Capítulo Perfeito estende-se até 13 de março, podendo a prova realizar-se em qualquer dia com aviso prévio de 72 horas. Com um prize money total de 10.000 euros, a maior premiação já atribuída numa competição nacional de surf, o evento será integralmente transmitido em HD no respetivo site e na televisão, pelo canal FUEL TV (posição 100 e 101 do MEO).

O MOCHE Capítulo Perfeito Presented by Rip Curl 2013 é patrocinado por MOCHE, Rip Curl, Buondi, MEO, Red Bull e Baleal Surf Camp, contando com os media partners FUEL TV, Jornal i, SURFPortugal, Mega Hits, Surf Total e Beachcam e ainda com o apoio da Câmara Municipal de Peniche e do PPSC – Peniche Surf Clube.

A organização do MOCHE Capítulo Perfeito agradece ao clube e surfistas locais a hospitalidade com que desde o início se disponibilizaram a receber este evento singular na praia de Supertubos.


ATLETAS QUE VÃO PARTICIPAR NO MOCHE CAPÍTULO PERFEITO

Vasco Ribeiro (competidor)
Frederico Morais (competidor)
Nicolau Von Rupp (competidor)
João Guedes (competidor)
Marlon Lipke (competidor)
Francisco Alves (competidor)
Alex Botelho (free surfer)
João Macedo (free surfer)
Edgar Nozes (free surfer)
Tomás Valente (free surfer)
Ivo Cação (free surfer)
José Gregório (soul surfer)
Rodrigo Herédia (soul surfer)
Manuel Cotta (soul surfer)
Guilherme Fonseca (wildcard)
Ivo Santos (wildcard)

ATLETAS SUBISTITUTOS (POR CATEGORIA E ORDEM DE PREFERÊNCIAS DO PÚBLICO)

Competidores
Ruben Gonzalez
Filipe JervisJ
José Ferreira
Miguel Blanco

Free Surfers
António Silva
Alexandre Ferreira
Luca Guichard
Belmiro Mendes

Soul Surfers
Jorge Cação
Miguel Fortes
Paulo Rodrigues
Tiago Oliveira
Fernando Bento
Henrique Moniz
André Pedroso


Mais informações em: mochecapituloperfeito.com

Sem comentários: