terça-feira, 15 de junho de 2010

2ª Etapa CSBP 2010

Decorreu no fim de semana de 12 e 13 de Junho a 2º Etapa do circuito de Surf e Bodyboard de Peniche. A prova foi marcada pela fraca participação, apesar das boas condições de estrutura e de mar que a organização do Península de Peniche Surf Clube conseguiu proporcionar aos atletas. As ondas do Cantinho da Baía, na praia da Água Doce, Baleal, foram palco de algumas boas prestações ao longo de todo o fim de semana.

No sábado disputaram-se em ondas de 1metro as primeiras rondas das categorias Open de bodyboard e surf, de onde ficaram apurados para as finais de domingo Silvano Lourenço e Luis Cardoso no bodyboard e Acácio Grandela e Alexandre Silva no surf. A destacar, a eliminação prematura do habitual frequentador das finais de surf, Nuno Silva.
O domingo foi o dia de todas as finais, e por ter havido mais sol e as ondas terem estado um pouco maiores, a praia teve algum público interessado em acompanhar o espectáculo que se desenrolava na água.
A acção iniciou com a final de Bodyboard Feminino, onde Anita Lino se destacou e venceu com o score de 13.17 pontos em 20 possíveis na soma das suas duas melhores ondas, deixando para trás, em 2º lugar Marta Leitão, Mariana Machado em 3º e Maria Lourenço em 4º.
No Surf Feminino venceu Filipa Prudêncio, com 12 pontos, deixando Ana Garcez em 2º, Maria João Carvalho em 3º e a jovem promessa Carolina Franco em 4º.
Em Bodyboard Júnior venceu o atleta campeão nacional de Esperanças, Daniel Fonseca. Com o score de 12.50 pontos deixou em 2º Hugo Santos, em 3º João Cardoso e em 4º Pedro Veríssimo.
Em Surf Júnior assistiu-se a uma interessante disputa pelo primeiro lugar entre dois atletas que acabaram separados por, apenas, 0.37 pontos. A vitória sorriu a Miguel Oliveira, com 13.67 pontos, que deixou em 2º o campeão nacional de Esperanças Guilherme Fonseca, com 13.30 pontos, em 3º Francisco Santos e em 4º Tiago Santos.
Em Bodyboard Masters venceu Tino Rico, que alcançou o score de 12.60. Nesta disputada final a 5, as restantes posições foram ocupadas por Armindo Boto, 2º, Luis Cardoso, 3º, Anita Lino, 4º, e Alberto Lima, 5º.
Em Surf Masters, Acácio Grandela levou a melhor sobre o super competitivo Maurício Vieira, 2º, Hugo Amado, 3º, e Turko Adi, 4º. Para alcançar o score de 12.50 e esta vitória, o Lélé teve que combinar o seu típico surf poderoso com algumas manobras mais modernas e progressivas.
Finalmente, disputaram-se as finais das categorias Open. Ambas disputadas no sistema man-on-man, a dois, prometiam à partida acesa luta pela vitória nesta etapa. O que acabou por acontecer foi que, em ambas as modalidades houve um atleta que se destacou do seu oponente.
Assim, no Bodyboard, venceu Silvano Lourenço com 14.17 pontos. Deixou em 2º Luis Cardoso com 10.17 pontos.
No Surf, Acácio Grandela confirmou o seu excelente momento de forma e alcançou a vitória com 15.33 pontos, o melhor score combinado de toda a prova. Em 2º Ficou Alexandre Silva com 11.33 pontos. Tendo executado uma boa manobra aérea na sua melhor onda da final, ficou claro que se tivesse feito uma melhor escolha de ondas e resultado desta final poderia ter sido mais aproximado.
Os prémios atribuídos no final desta etapa foram 2 semanas em Andorra para os vencedores dos Opens de Surf e Bodyboard, prémios Slide-In Travel, bem como 200€ de prize money distribuidos pelos finalistas deste escalão. Para os vencedores das categorias Júnior, Masters e Open em Bodyboard houve a entrega mini-pranchas Refreshboards.
Houve ainda lugar ao sorteio do voucher para 2 noites, para 2 pessoas, com pequeno-almoço, no Hotel Soleil Peniche, cujo vencedor foi Francisco Santos.
Fotos(arquivo PPSC):
1- Spot: Bar do Bruno
2- "Os Masters"
3- Daniel Fonseca
4- Miguel Oliveira
5- Lelé

Sem comentários: