segunda-feira, 4 de maio de 2009

Europeu de Bodyboard: Silvano vice-campeão em Anglet

A Praia de Chambre D’Amour, em Anglet, França, recebeu entre os dias 1 e 3 de Maio, os melhores bodyboarders europeus, para aí disputarem a 2ª etapa do ETB – European Tour of Bodyboard 2009, com condições muito difíceis no último dia. Silvano Lourenço, depois de uma eliminação precoce na 1ª etapa do ETB em Sagres, partiu para França com o objectivo de limpar esse mau registo, e determinado, obteve um excelente 2º lugar na prova, que o pode relançar na re-conquista do título que ganhou em 2007. Anita Lino, depois do bom resultado de Sagres, agora em França terminou na 9ª posição.

Anita precisava obter uma onda de 2.01 pontos para se qualificar para as meias-finais, mas acabou por terminar a sua bateria dos ¼ de final em terceiro lugar, tendo obtido apenas 5.50 pontos, atrás da também portuguesa Marta Leitão (6.75) e da inglesa Claire Mcgowan (7.00).

Silvano Lourenço travou uma luta interessante com o francês que viria a vencer a prova, Jeremy Arnoux. Ambos, encontraram-se em três baterias ao longo da prova, no entanto sempre com vantagem para o francês. Logo na primeira bateria do Round 4, ambos se qualificaram: Silvano (12.40) em 2º e Jeremy (16.50) em 1º, deixando de fora, Jaime Jesus e Rui Pereira. Na ronda seguinte, ¼ de final, Silvano (8.80) qualificou-se em 2º, atrás do espanhol David Perez (9.65), eliminando o actual campeão europeu, Hugo Pinheiro e Ruben Ubeda, de Espanha. Nas meias-finais, Silvano (11.75) encontrou, de novo, Jeremy Arnoux (12.90), e o francês levou a melhor, mas ambos se qualificaram para a final, batendo os espanhóis David Perez e Alex Sebastian.

A grande FINAL foi como que um particular França vs Portugal, com Silvano Lourenço e João Pinheiro a defender as cores nacionais face aos franceses Jeremy Arnoux e Yvon Martinez. Silvano, depois de obter ondas de 6.15 e 3.60, e que lhe deu score de 9.75, ficou a precisar de realizar uma onda razoável de 4.76 para alcançar a vitória. Foi Jeremy Arnoux, que esteve imparável na prova (o melhor score do evento, 16.50, foi seu nos 1/8), bastando-lhe somar uma onda de 2.15 à outra excelente de 8.75 para se sagrar vencedor. Em terceiro ficou o francês Yvon Martinez (7.95) e em quarto o português João Pinheiro (4.50).

OPEN

1º Jeremy Arnoux FRA (10.90)

2º Silvano Lourenço PRT (9.75)

3º Yvon Martinez FRA (7.95)

4º João Pinheiro PRT (4.50)


LADIES

1º Marta Fernandes PRT (4.80)

2º Claire McGowan ENG (3.75)

3º Neuza Mochacho PRT (3.35)

4º Deva Solar ESP (2.60)

(...)

9º Anita Lino PRT

Fotos por Stéphane Michaux

Sem comentários: